Mariópolis, PR °min °max

Feira da Uva começa neste fim de semana em Mariópolis.

Conselho Pastoral da Paróquia São Francisco de Sales suspendeu com apoio da CCO da Feira da Uva o tradicional jantar da ovelha enfarinhada em virtude da expansão dos casos de Covid-19 na região Sudoeste
O município de Mariópolis deverá produzir neste ano mais de 1,2 mil toneladas de uva, que serão comercializadas in natura, e transformadas em vinhos, sucos e doces, movimentando a economia na agricultura familiar local. A uva é uma das culturas mais tradicionais da agricultura familiar em Mariópolis, e a Prefeitura sabe de sua importância para estas famílias.
A Feira da Uva neste ano vai acontecer de 15 a 24 de janeiro em frente a Vinícola São Francisco de Salles entre 08h e 22h, com a comercialização de uvas e derivados. A decisão de realizar uma versão menor da tradicional Festa da Uva foi adotada no início do ano passado, em razão da pandemia, e pela evolução da Covid-19 neste início de ano mostrou-se uma decisão acertada. A festa tradicional representaria um risco a todos porque o município recebe tradicionalmente milhares de pessoas nos dias do evento.
CCO suspende parte gastronômica da Feira da Uva
O Conselho Pastoral da Paróquia São Francisco de Salles, em conjunto com a Comissão Organizadora da Feira da Uva definiu suspender a tradicional programação gastronômica composta pelo Jantar da Ovelha Enfarinhada. O jantar aconteceria no dia 21 de janeiro, mas não vai ocorrer mais em virtude da expansão dos casos de Covid-19 na região Sudoeste do Paraná. A CCO da Feira da Uva e o Conselho Pastoral justificaram a medida destacando que a preocupação maior é com a segurança das famílias mariopolitanas e com as centenas de pessoas da região que vem tradicionalmente prestigiar o maior evento gastronômico de Mariópolis.
O Prefeito Mário Paulek destacou que a comunidade deve continuar os cuidados para evitar o aumento de casos em Mariópolis e na região. “Vamos evitar riscos, e a Feira da Uva como será realizada em local aberto, com o uso de máscara e os demais cuidados, poderá ser realizada com segurança para a comunidade local e visitantes”. As barracas de comercialização da agricultura familiar estarão dispostas ao ar livre, em frente a Vinícola São Francisco de Salles, de forma a garantir a segurança sanitária recomendada pelas autoridades da área de saúde.