Mariópolis, PR °min °max

O Departamento de Agricultura e Meio Ambiente está concluindo a primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Brucelose

Para impedir a propagação de casos de brucelose no rebanho bovino do Município de Mariópolis, a Prefeitura Municipal, através do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente está concluindo essa semana, a primeira campanha do ano de 2017 de vacina da brucelose no rebanho leiteiro do município.

A brucelose é uma doença contagiosa sendo caracterizada como uma zoonose causada pela bactéria (brucella Abortuss) que ataca bovinos, caprinos, suínos e o homem. Quando o animal contrai a doença o PNCEBT (Programa Nacional de erradicação e controle de Brucelose e Tuberculose) determina que o animal precisa ser sacrificado. Os principais sintomas da doença são: aborto, geralmente nos últimos meses de gestação; retenção de placenta e o macho pode apresentar inflamação nos testículos (orquite), tornando o animal estéril. Para evitar a doença é necessário o uso da vacina B19 em fêmeas bovinas de 3 a 8 meses de idade que é obrigatória.

Segundo o Diretor do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente Jocemir Simioni “a campanha tem como objetivo melhorar a sanidade do rebanho leiteiro do nosso município. A vacinação é de suma importância, já que a doença pode ser transmitida aos seres humanos, através do contato direto com fêmeas infectadas ou pelo consumo de leite e derivados não pasteurizados”.

A equipe do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente está realizando as visitas nas propriedades. Serão realizadas três campanhas durante o ano, nos meses de março, julho e novembro. A idade das bezerras que serão vacinadas é de 3 a 8 meses e os produtores devem fazer a reserva da vacina até o ultimo dia útil do mês que antecede a campanha.