Mariópolis, PR °min °max

Identidade Jovem: veja o passo a passo de como emitir

A Identidade Jovem (ID Jovem), é o documento que possibilita acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual, conforme disposto no Decreto 8.537/2015.

A quem se destina?

A ID Jovem é destinada às pessoas com idade entre 15 e 29 anos, pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos e inscritos no Cadastro Único do Governo Federal, com informações atualizadas há pelo menos 24 meses.

Cultura, lazer e esporte

Com a ID Jovem fica assegurado o pagamento de meia-entrada – 50% do valor cobrado no ingresso ao público em geral – em eventos artístico-culturais e esportivos.

Transporte

São reservadas por viagem, duas vagas gratuitas em cada veículo, comboio ferroviário ou embarcação do serviço convencional de transporte interestadual de passageiros​​. Depois de esgotadas as vagas gratuitas, são reservadas mais duas vagas com desconto de 50% (cinquenta por cento), no mínimo, no valor das passagens.

Atenção: Vale para ônibus, trem e embarcação. O transporte tem que ser interestadual, ou seja, entre estados diferentes. Não vale para deslocamentos entre municípios ou dentro do município.

Condições: 

Ter entre 15 e 29 anos. 

O benefício vale também para não estudantes.

Estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal

Para incluir ou atualizar seus dados, procure o Centro de Referência de Assistência Social – CRAS ou o setor responsável pelo Cadastro Único da sua cidade.

Estar com o Cadastro atualizado

Possuir cadastro atualizado no Cadastro Único há pelo menos 24 meses.

Ter renda familiar de até dois salários mínimos

A renda familiar mensal não pode ultrapassar dois salários mínimos.

Saber o NIS

Você precisa ter em mãos o Número de Identificação Social. Não sabe o seu? Consulte seu Cartão Cidadão, no extrato do FGTS ou na sua Carteira de Trabalho.

Como se inscrever no Cadastro Único:

Procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e solicitar a inclusão de sua família. Tenha em mãos: RG, CPF e título de eleitor de todos os moradores da sua casa, Comprovante de Residência. *Para crianças – certidão de nascimento.